Hoi An é o tipo de cidade que demora 1 dia para conhecer mas que você pode ficar por mais de 1 semana e não enjoar.

O principal atrativo da cidade é a Old Town (“cidade velha”), tanto de dia quanto à noite. A Cidade Velha de Hoi An foi classificada como Patrimônio Mundial da Unesco. Por causa dela, Hoi An se tornou um dos mais queridos destinos no Vietnã e no Sudeste Asiático.

A atratividade de Hoi An não é por acaso. A cidade foi um importante entreposto comercial nos séculos XVII e XVIII, o que atraiu povos de diferentes países por décadas. Hoje é visível a influência desses povos na miscigenação cultural e arquitetônica da cidade. Um exemplo disso são os templos chineses e a ponte japonesa, que são alguns dos principais pontos turísticos da Cidade Velha de Hoi An.

 

Old Town of Hoi An

O toque especial vem das milhares lanternas de papel por toda parte, nas rua e no rio. O charme das lanternas, assim como as simpáticas fachadas de lojas, bares e restaurantes tornam o centrinho de Hoi An um lugar para visitar de dia e à noite.

 

O que fazer em Hoi An

Você deve separar um dia só para conhecer a CIdade Velha. A visitação é cobrada em 120.000 Dongs (aprox. USD 5) mas esse valor já inclui a entrada para algumas atrações. Mesmo que não seja a sua praia entrar em lugares históricos, vale a pena percorrer a Cidade Velha, observar a fachada das lojas, o comércio local e conhecer o Mercado Central.

Turistas passeando na Cidade Velha de Hoi An, Vietnã. Tourists in Old Town of Hoi An, Vietnam.

Você vai observar que tem muitas lojas de roupas e alfaiatarias. Muitas lojas fazem a roupa que você pedir sob medida em um prazo de 24hs. Hoi An chega a ser conhecida por isso. Você pode até levar foto que eles copiam o modelo de acordo com a imagem. Quem tiver interesse vale a pena conferir a reputação de cada loja, para escolher uma com melhor nível de satisfação dos clientes. Nós não chegamos a testar, mas se soubesse antes e tivesse mais tempo para pensar nisso, provavelmente pediria algumas roupas.

A cerca de 5kms da Cidade Velha está o litoral de Hoi An. Uma boa pedida de passeio é conhecer as praias Cua Dai e Bang Beach. Pode-se alugar uma bike ou uma scooter e, se quiser, até dá para parar no meio do caminho para conhecer algumas aldeias locais e arrozais.

A cerca de 40km da cidade está um importante santuário, que também é considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Trata-se do My Son, um sítio arqueológico de templos hindus, inabitado e que hoje está completamente em ruínas. Acredita-se ser um dos templos mais antigos na Indochina. Foi construído pelo Reino de Champa, que governou a região centro-sul do atual Vietnã por mais de 12 séculos.

Um outro passeio popular em Hoi An é o passeio em basket boat, um tipo de embarcação feita de bambu em formato de cesta que os locais usam para pesca. Não fizemos e, sinceramente, me pareceu muito “turistão”. De qualquer forma, não deixa de ser uma forma de conhecer aspectos da cultura local. Uma das empresas que realizam esse passeio é a JackTrans, com preços a partir de 600.000 dongs (aproximadamente USD 26).

 

Transporte, comida e hospedagem

Hoi An está a somente 30km de Da Nang, uma das maiores cidades do Vietnã. Para chegar em Hoi An saindo tanto de Ho Chi Minh como de Hanói, o melhor é pegar um vôo até Da Nang. De Hue são apenas 120km, então dá para ir de ônibus, caso você não tenha fechado nenhum pacote que incluía transporte privativo. Esse trajeto pela companhia The Sinh Tourist custa 99.000 dongs (~USD 5). É possível também ir de trem de Hue até Da Nang com a Vietnam Railways, e de Da Nang pegar um ônibus ou táxi para Hoi An.

Dentro de Hoi An a melhor forma de percorrer a cidade é a pé ou de bicicleta. Muitos hotéis têm bicicletas disponíveis para os hóspedes, ou alugam por preços muito baixos. Para quem preferir, também pode-se alugar scooters, ou pegar táxi.

Para quem quer conveniência, o melhor é se hospedar próximo da Cidade Velha de Hoi An. Nós ficamos hospedados na Riverside Pottery Village Homestay, uma pousada de uma família local, muito simpática e atenciosa. Fica a uns 4km da Cidade Velha, mas o táxi é tão barato que isso não foi um problema.

No quesito comida, o centrinho de Hoi An tem tantas opções que fica até difícil indicar os melhores. Dos que nós conhecemos, os que mais se destacaram foram a Hoi An Roastery, que é um café-restaurante com opções variadas de entradas, pratos e doces; e o Streets Restaurant, que tem pratos e sobremesas muito bons. O Streets Restaurant faz um trabalho muito bacana de dar aulas de culinária de primeira aos locais. Mais de 90% dos que participaram conseguiram um emprego com salário decente. Fomos conhecer também o Vy’s Market, que serve comida estilo street food (‘comida de rua”). O grande atrativo do Vy’s Market é que os restaurantes também oferecem aulas “express” de culinária para visitantes.

 

Gostou desse post? Clique aqui para compartilhar:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também:

Hue

Hue, a antiga capital do Vietnã, é um destino obrigatório para quem quer conhecer mais da cultura e história desse país.

ler mais

Ha Nói e Ha Long Bay

No norte de Vietnã, Conheça Ha Nói, a capital do país, e o belíssimo patrimônio da humanidade Ha Long Bay, uma baía com cerca de 2000 ilhotas montanhosas e inabitadas.

ler mais

Vietnã

Saiba mais sobre esse país que surpreende a todos que o visitam.

ler mais

Qual é o seu sonho de viagem?
  • Outros:

GALERIA DE FOTOS